612A0919.png

Marta Carvalho atua há mais de 20 anos no mercado da cultura como atriz e produtora cultural, sendo considerada uma das mulheres negras mais influentes na produção cultural do país. Em sua trajetória produziu projetos de grande expressão nas áreas de cinema, música, teatro, dança e formação de jovens, possuindo larga experiência na gestão de festivais nacionais e internacionais. Idealizou a Curadora do Festival Satélite061, que em 2019 chega na VI Edição, do Conexões Urbanas Impressões Femininas na Cultura de Rua, e do Movimento Diversa.
No teatro, atuou em vários espetáculos, entre eles “Os Fuzis da Senhora Carrar” (1992), de Bertold Brecht; “Moby Dick” (1993-1998), de Herman Melville; “Ato Confessional Número 5” (1999-2010), de Ricardo Guilherme; e “À Luz da Lua” (1996-1999), de Os Punhais. Atualmente está circulando com o monólogo “Liberdade Assistida”, premiada na quarta edição do Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-Brasileiras, no Rio de Janeiro, com a peça “Liberdade Assistida”. Entende o fazer artístico e a produção cultural como forma de contribuir para a formação de seres humanos melhores. Seus projetos não visam somente o dinheiro, mas como mulher preta e periférica, utiliza o seu lugar de fala para construir projetos que discutam os rumos das transformações sociais por  meio da representação e visibilidade de pessoas pretas, trans e periféricas.